terça-feira, 17 de julho de 2012

Um telefonema com desejos proibidos

No meio da tarde, o telefone toca de um número desconhecido. A curiosidade sempre me faz atender.
Ouço tua voz e nem acredito, mas confirmo quando me diz teu nome e de onde liga. Eu fico quase sem reação, quase ao ponto de perceberem minhas pernas bambas. Vou para um corredor vazio onde te atendo, mas é apenas para eu passar na empresa onde trabalhas (onde nos conhecemos), tem um documento a minha espera. Confirmo minha presença e antes de desligar, sem palavras vindo a minha boca, apenas consigo perguntar "Como Está?" Rapidamente você me diz estar bem, e então desligamos.
Fim da tarde vou até a empresa uscar o documento, com a vontade imensa de te ver, de te abraçar, de te levar dali comigo para algum lugar mais calmo onde eu pudesse expressar além das palavras os meus desejos Proibidos. Mas acabo saindo e nem ao menos te vi.

Quem sabe num outro telefonema combinemos algo assim?!?!


3 comentários:

Pat_St disse...

Desencontros! Mas o desejo continua... isso é bom!

Abraços

Pat_St disse...

Como está tudo aqui?
Abraços.

You and Me disse...

Olá amigo, sei que tens andando ausente mas vim deixar um beijo e dizer que esta rolando uma brincadeira entre os blos de responder uma perguntas: Responda o Meme, é bel legalzinho. Eu te indiquei depois se quiser passa lá no meu blog q tu vai entender como funciona. Mas vim mesmo para dar um oi e deixar um beijo. Saudade :)

Ocorreu um erro neste gadget