terça-feira, 17 de julho de 2012

Um telefonema com desejos proibidos

No meio da tarde, o telefone toca de um número desconhecido. A curiosidade sempre me faz atender.
Ouço tua voz e nem acredito, mas confirmo quando me diz teu nome e de onde liga. Eu fico quase sem reação, quase ao ponto de perceberem minhas pernas bambas. Vou para um corredor vazio onde te atendo, mas é apenas para eu passar na empresa onde trabalhas (onde nos conhecemos), tem um documento a minha espera. Confirmo minha presença e antes de desligar, sem palavras vindo a minha boca, apenas consigo perguntar "Como Está?" Rapidamente você me diz estar bem, e então desligamos.
Fim da tarde vou até a empresa uscar o documento, com a vontade imensa de te ver, de te abraçar, de te levar dali comigo para algum lugar mais calmo onde eu pudesse expressar além das palavras os meus desejos Proibidos. Mas acabo saindo e nem ao menos te vi.

Quem sabe num outro telefonema combinemos algo assim?!?!


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Noite de desejos e sonhos Proibidos

Eu tento, e faz tanto tempo que nem te vejo, mas porque você não sai dos meus pensamentos, não deixa de ser meu desejo, não sai dos meus sonhos?
Acordei sentindo o gosto da tua boca e do teu corpo, que nem pude saber que sabor tem realmente. Coração acelerado de momento que não passaram de um sonho. Virei para o lado mas não era você que estava ali.
Passo sempre perto onde ainda trabalhas e a vontade é ir la te ver sempre, mas me controlo. Ainda tento parar de te desejar mas nem a distância e o tempo estão ajudando. Continuo querendo sentir todos os teus gostos e tua pele arrepiar em momento de extase. Quero você, assim quem sabe consiga parar de te desejar tanto ou acabe me viciando em você. Prefiro o vício, afinal assim a terei, não apenas em sonhos.
Acho que minha vida completamente Proibida me faz ainda te desejar mais, não tenho limites quando o assunto é fazer o Proibido, mas com você é algo diferente, não consigo deixar de te querer, mas não consigo te buscar para ser minha, mesmo que uma única vez.
Você é Proibida e vai continuar sendo... até quando? Nem o tempo saberá dizer...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Desejos Persistentemente Proibidos

Sinto falta dos dias em que tua presença era constante. Ainda não consegui, nunca vou conseguir, esquecer este louco desejo pelo teu corpo. Lembro do apelido que te dei, meu 'abacatinho', toda vez que vejo a fruta em minha frente. O ato de comer a mesma me faz te querer com mais intensidade. Lemro que te dizia o que fazer com a fruta. E o processo é simples: Basta retirar da casca (tua roupa), amassar bem (muito carinho), depois de ter a polpa molinha (você molhadinha), comer com vontade (saciar nossos desejos). Saudade... do que sempre foi Proibido e nunca fizemos...

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal e Feliz 2012

Venho desejar a todos(as) os(as) seguidores(as) e leitores(as) do Blog, e especialmente a musa inspiradora deste, um Feliz Natal e que em 2012 se realize tudo que é Simplesmente Proibido.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Um ano, Proibido, do Blog

Completa hoje um ano que criei este espaço para falar de um forte desejo Simplesmente Proibido. O desejo já existia antes, desde que a conheci e já está completando 2 anos no próximo mês. Nesse tempo de existência do Blog, sei que ela, minha Proibida Paixão, leu alguma coisa por aqui. Não consegui expor meu desejo, mas ao menos deixei claro da existência do Blog. Muitas coisas aconteceram, acabamos nos afastamos, até por vontade minha, porque acreditei que distante poderia esquecê-la. Me enganei completamente, como sempre. Apesar de só ter acesso a uma única foto dela, sempre a vejo. Consigo ainda sentir o seu perfume no ar, vejo ao fechar os olhos o seu caminhar, sinto a suavidade da sua pele que senti em um simples beijo na despedida, na última vez que a vi pessoalmente. Continuo desejando-a. Mas o próprio nome do Blog diz tudo, é Simplesmente Proibido. Tudo que eu desejo que exista entre nós é Simplesmente Proibido. Mas acho que isso me faz desejá-la sempre mais, mesmo com todas as adversidades, mesmo com a distância. Continuarei aqui, a desejando e sonhando com o dia em que possamos realizar todos os desejos.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Sonhos repetidamente Proibidos

Tanto tempo sem te ver, porque não consigo esquecer teu jeito, tuas curvas que me despertaram o desejo, tua voz e teu cheiro? Porque ainda resolves aparecer em meus sonhos, no meio da madrugada, por mais de uma vez? Acordo e sinto teu cheiro, mas não estás ali. Volto a dormir e retorno ao sonho, te encontro novamente em desejos que são realizados. Torno a acordar e continuas não estando ali. Que desejo é este que não consigo me libertar? Porque conseguiste de mim tanta veneração? Porque nem o afastamento me deixa te esquecer?
Precisava te encontrar fora dos sonhos, abraçar-te e beijar-te os lábios, sentir teu cheiro mais uma vez, mas tocando teu corpo e realizando desejos, que nunca soube se os teus são os mesmo que os meus. Quero teu corpo para satisfazer o meu, mas quero retribuir cada ato teu com o dobro do que eu sentir. Quero ter tua pele arrepiada em minhas mãos, teu suor junto ao meu numa noite - ou qualquer parte do dia - a deixar os lençóis molhados. Simplesmente, continuo te querendo, mesmo só a tendo em sonhos.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Ainda és Proibida em meus Pensamentos

Não sei porque a distância não facilita as coisas, acreditei que te esqueceria ao deixar-te ali enquanto eu fui saindo de mansinho. Não estamos presentes no mesmo ambiente há um bom tempo, mas estás nos meus pensamentos, em um única foto que tenho de você, a qual observo sempre que posso, afinal és Proibida e não posso manter nem tua foto às vistas públicas. Ainda lembro de cada movimento teu, tanto na vinda quanto na ida. Adorava te observar e até parava tudo que estava fazendo pra isso.
Mas meus pensamentos estão presos a ti. Da despedida naquela manhã trago o cheiro do teu perfume e a suavidade da tua pele quando dei-te um simples beijo na face. Queria mesmo era ter beijado-te na boca, sentir os teus lábios junto aos meus, sentir teu corpo ardente em momentos de prazer. Queria e ainda quero. Ainda és Proibida e continuo a desejar-te.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Convite Proibido

Quero convidar-te a ser minha por um dia, ou quantas vezes você vier a desejar.
Ofereço-te meus Beijos e Carícias, tudo pra te satisfazer, tudo em prol do teu prazer.
Onde e Quando?
Você decide e entra em contato que lá estarei. Meu prazer será o teu prazer.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Desejo Sempre Proibido

Não posso mais te ver na mesma frequência em que te via, não, vejo mais teus olhos diante dos meus, nem teu corpo que tanto desejo. Isso deveria ser suficiente para te esquecer, mas não te esqueço. Vejo um foto tua e acabo voltando aquele ponto onde o desejo quer me fazer ir até você, te abraçar, beijar, dar-te prazer. Não tem como te esquecer. Continuo desejando-te Proibidamente. Não estás mais presente, mas ainda te sinto e sinto o desejo sempre Proibido.


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Despedida, ainda Proibida

Consegui me libertar de tua presença, se é que realmente tinha vontade de fazer isso. Aquele toque na tua pele, teu rosto junto ao meu, mas foi apenas um beijo na face, despedida. Ao sentir teu cheiro tão perto minha vontade era maior, era sentir teus lábios nos meus. Ainda quero sentir teu sabor, teu corpo junto ao meu em momentos de prazer. Acredito que nem a distância vai me fazer te esquecer. Louca Paixão, continuarei te desejando, mesmo sendo ainda Proibida, mesmo depois da despedida.
Ocorreu um erro neste gadget